Foi com as palavras supra que o Exército recebeu nas instalações do Regimento de Artilharia N.º 4, a visita do Sr. Arnaldo Crácio, no dia 19 de outubro, ex-Primeiro-Cabo do extinto Regimento de Infantaria N.º 7, primeira Unidade a estrear as novíssimas instalações do Quartel de Cruz d’ Areia há cerca de 65 anos.

Por iniciativa da sua filha, que cumpriu uma vontade expressa do seu pai, o Sr. Arnaldo Crácio, que prestou serviço entre 1955 e 1957, tem hoje 85 anos de idade, e realizou a visita à Unidade partilhando as suas memórias, a começar por aquela de ter sido no Quartel de Cruz d’Areia que foi incorporado e cumpriu a Recruta com sucesso, juntamente com mais de mil camaradas. Em 20 de novembro de 1955 foi promovido ao posto de Primeiro-Cabo, especialidade de “Operações e PCT”, qualificação obtida em Mafra.

Com um semblante de felicidade no rosto, relembrou entusiasmado pormenores das histórias vividas ao longo de mais de dois anos dentro deste Quartel, e foi com emoção e orgulho que deu prova física da sua Caderneta Militar, que ao seu tempo designavam de “viúva” tendo em conta a sua cor negra.

Antes de terminar a sua visita, agradeceu a hospitalidade e a amabilidade de ter sido recebido no Regimento de Artilharia N.º 4 que nas suas palavras “irá recordar para sempre”. " /> Foi com as palavras supra que o Exército recebeu nas instalações do Regimento de Artilharia N.º 4, a visita do Sr. Arnaldo Crácio, no dia 19 de outubro, ex-Primeiro-Cabo do extinto Regimento de Infantaria N.º 7, primeira Unidade a estrear as novíssimas instalações do Quartel de Cruz d’ Areia há cerca de 65 anos.

Por iniciativa da sua filha, que cumpriu uma vontade expressa do seu pai, o Sr. Arnaldo Crácio, que prestou serviço entre 1955 e 1957, tem hoje 85 anos de idade, e realizou a visita à Unidade partilhando as suas memórias, a começar por aquela de ter sido no Quartel de Cruz d’Areia que foi incorporado e cumpriu a Recruta com sucesso, juntamente com mais de mil camaradas. Em 20 de novembro de 1955 foi promovido ao posto de Primeiro-Cabo, especialidade de “Operações e PCT”, qualificação obtida em Mafra.

Com um semblante de felicidade no rosto, relembrou entusiasmado pormenores das histórias vividas ao longo de mais de dois anos dentro deste Quartel, e foi com emoção e orgulho que deu prova física da sua Caderneta Militar, que ao seu tempo designavam de “viúva” tendo em conta a sua cor negra.

Antes de terminar a sua visita, agradeceu a hospitalidade e a amabilidade de ter sido recebido no Regimento de Artilharia N.º 4 que nas suas palavras “irá recordar para sempre”. "/>
Logo
Terça-Feira, 19 de Outubro de 2021 |
LOGIN REGISTO
PESQUISAR
Efectue facilmente a sua pesquisa por
artigo, revista ou outras informações...
Notícias > Notícias 2020 > Gerais > Ex-Primeiro Cabo visita quartel após 65 anos

Notícias

Ex-Primeiro Cabo visita quartel após 65 anos

19 Out 2020

"Jamais esperava, depois de 65 anos, retornar ao quartel e ser bem-recebido."

Foi com as palavras supra que o Exército recebeu nas instalações do Regimento de Artilharia N.º 4, a visita do Sr. Arnaldo Crácio, no dia 19 de outubro, ex-Primeiro-Cabo do extinto Regimento de Infantaria N.º 7, primeira Unidade a estrear as novíssimas instalações do Quartel de Cruz d’ Areia há cerca de 65 anos.


Por iniciativa da sua filha, que cumpriu uma vontade expressa do seu pai, o Sr. Arnaldo Crácio, que prestou serviço entre 1955 e 1957, tem hoje 85 anos de idade, e realizou a visita à Unidade partilhando as suas memórias, a começar por aquela de ter sido no Quartel de Cruz d’Areia que foi incorporado e cumpriu a Recruta com sucesso, juntamente com mais de mil camaradas.
Em 20 de novembro de 1955 foi promovido ao posto de Primeiro-Cabo, especialidade de “Operações e PCT”, qualificação obtida em Mafra.


Com um semblante de felicidade no rosto, relembrou entusiasmado pormenores das histórias vividas ao longo de mais de dois anos dentro deste Quartel, e foi com emoção e orgulho que deu prova física da sua Caderneta Militar, que ao seu tempo designavam de “viúva” tendo em conta a sua cor negra.


Antes de terminar a sua visita, agradeceu a hospitalidade e a amabilidade de ter sido recebido no Regimento de Artilharia N.º 4 que nas suas palavras “irá recordar para sempre”.

Registe-se e...
SEJA SÓCIO
da Revista de Artilharia, por apenas 12€ por ano. Não perca! Conheças as condições e métodos de pagamento >
NEWSLETTER
Receba gratuitamente no seu email todas as novidades,
artigos e informações úteis da Revista de Artilharia.
Li a informação sobre a proteção de dados e aceito o processamento e uso dos meus dados pessoais para os fins mencionados.
INFORMAÇÕES
INFO SAÚDE
LINKS ÚTEIS
SÓCIOS
PAGAMENTOS ONLINE
Revista de Artilharia © Todos os direitos reservados | Política de Privacidade Site by omsite.com