Logo
Terça-Feira, 19 de Outubro de 2021 |
LOGIN REGISTO
PESQUISAR
Efectue facilmente a sua pesquisa por
artigo, revista ou outras informações...
Notícias > Notícias 2020 > Gerais > Tomada de Posse do Comandante do GAC BrigMec

Notícias

Tomada de Posse do Comandante do GAC BrigMec

16 Set 2020

No passado dia 16 de setembro de 2020 teve lugar a cerimónia de tomada de posse do Comandante do Grupo de Artilharia de Campanha 15,5 Autopropulsionado e do Quartel da Artilharia da Brigada Mecanizada, Tenente-coronel de Artilharia Nelson José Mendes Rêgo, numa cerimónia presidida pelo Exmo. Comandante da Brigada Mecanizada, Brigadeiro-General João Pedro Boga Ribeiro, que em conjunto com o Tenente-Coronel Mendes Rêgo procederam à assinatura do termo da tomada de posse, seguindo-se a entrega do Estandarte Heráldico ao novo Comandante.


A data da cerimónia coincidiu com o 39º aniversário da implantação da primeira Unidade de Artilharia no Campo Militar de Santa Margarida, materializada pela vinda da 4ª Bateria do Regimento de Artilharia de Leiria para Santa Margarida em a 16 de setembro de 1981, sob o comando do então Capitão de Artilharia Manuel António Apolinário, materializando igualmente a entrada ao serviço do Exército Português do obus M109 A2 155mm AP.


No discurso de tomada de posse, o novo Comandante do GAC 15,5 AP destacou as quatro linhas de ação com as quais pretende orientar o seu comando: Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Capacidades Operacionais, para que todos os militares estejam habilitados com as devidas competências para exercerem as suas funções, e estejam treinados com rigor nas componentes Técnica, Tática e Física, de modo a que a Unidade cumpra eficazmente a sua Missão primária. Formação, Desenvolvimento Doutrinário e Aprontamento de Forças, visando a consolidação do Grupo enquanto escola de referência dos saberes associados à formação e treino de Artilharia de Campanha, através da dinamização dos diversos cursos de Artilharia Autopropulsionada, procurando identificar lições que conduzam ao reforço da sua qualidade formativa. Destacou ainda a inevitável certificação das seções de obus, de observação avançada e de posto central de tiro, vitais para a validação operacional do Grupo, criando as condições para, a médio longo prazo, poder integrar forças multinacionais, como unidade constituída de Artilharia de Campanha. Gestão de Recursos Materiais, sustentada numa cultura de responsabilidade individual e coletiva, de modo a assegurar o controlo e a manutenção do estado de operacionalidade dos materiais, equipamentos, viaturas e instalações da Unidade, ainda mais considerando a difícil conjuntura que afeta de forma transversal a sociedade portuguesa e o Exército em particular, provocando fortes restrições ao nível da disponibilidade dos recursos financeiros, humanos e materiais. Por último, a Preservação e Promoção da Memória Histórica, assentado principalmente na evocação dos 40 anos da Artilharia de Campanha Autopropulsionada ao serviço do Exército Português, a qual irá pautar grande parte das atividades no Grupo ao longo do próximo ano, no sentido de trazer à memória o trilho iniciado a 16 de setembro de 1981.


Após a cerimónia, seguiu-se a apresentação de cumprimentos ao novo comandante do GAC 15,5 AP, terminando as atividades com a imposição do escudo de armas da Unidade ao TCor Art Mendes Rêgo.

Registe-se e...
SEJA SÓCIO
da Revista de Artilharia, por apenas 12€ por ano. Não perca! Conheças as condições e métodos de pagamento >
NEWSLETTER
Receba gratuitamente no seu email todas as novidades,
artigos e informações úteis da Revista de Artilharia.
Li a informação sobre a proteção de dados e aceito o processamento e uso dos meus dados pessoais para os fins mencionados.
INFORMAÇÕES
INFO SAÚDE
LINKS ÚTEIS
SÓCIOS
PAGAMENTOS ONLINE
Revista de Artilharia © Todos os direitos reservados | Política de Privacidade Site by omsite.com